O Uber continua promovendo mudanças em suas políticas e funcionalidades, a fim de eliminar as polêmicas nas quais acabou se envolvendo desde que surgiu, como abusos por parte de motoristas, o questionamento quanto aos salários de seus funcionários e o rastreamento dos passageiros mesmo após o fim das corridas.

Agora, a empresa anuncia que essa função deixará de funcionar no aplicativo. A partir da próxima semana, os usuários de iPhone já receberão uma atualização do app que desabilita esse rastreamento. Para usuários de Android, a atualização chega logo em seguida.