Tudo começou no último sábado (28), com o escritor Thomas Baekdal notando no Twitter que o emoji da Google para o cheeseburguer (que na verdade se chama "hamburguer emoji", de acordo com a Emojipedia) é simplesmente bizarro. O designer preferiu colocar o queijo por baixo — o que é um sacrilégio para muitos amantes dessa iguaria, já que impede que ele derreta direito e ainda deixa o pão inferior extremamente molhado com gordura.


A postagem incendiou um debate e uma análise de todas as outras representações de hambúrguer nos emojis de empresas e serviços. A Apple, por exemplo, também traz uma variação — a folha de alface vai no fim, justamente para segurar os líquidos e deixar o pão de baixo macio e seco. Cadeias de fast-food dos EUA, como a In-N-Out, fazem o mesmo procedimento.

Até mesmo o CEO da Google, Sundai Pichai, entrou na brincadeira. De forma bem-humorada, ele afirmou: "Nós vamos largar tudo o que estamos fazendo e dar atenção para isso na segunda-feira, mas só se vocês concordarem na forma correta de fazer isso!".