Diversos usuários estão reportando que o governo do Paquistão acaba de bloquear o acesso à várias redes sociais no país, incluindo o Twitter, o Facebook e o YouTube. Um regime de "blackout jornalístico" também foi implantado na região, tirando do ar a maioria dos seus canais de TV. Ao que tudo indica, o bloqueio foi aplicado após a resposta da polícia paquistanesa aos recentes protestos islâmicos que ocorreram por lá — a ação terminou com seis mortos e ao menos 200 feridos.

Às três horas e vinte minutos da tarde deste sábado, o próprio perfil oficial das Políticas Públicas do Twitter publicou uma mensagem comentando sobre o ocorrido, avisando aos internautas que a plataforma está "monitorando a situação". Alguns indivíduos afirmam queainda é possível acessar o serviço através do uso de redes virtuais privadas (VPNs).