Há 30 anos, um Hacker invadia a transmissão de TV nos EUA



Resultado de imagem
Não é difícil ver filmes em que ativistas ou malucos de todas ordens invadem transmissões de televisão para passar uma mensagem ou simplesmente tirar onda. O mais louco, contudo, é saber que isso já aconteceu de verdade lá nos Estados Unidos. Há 30 anos, em 22 de novembro de 1987, dois canais de televisão da cidade de Chicago tiveram os sinais sequestrados e seus espectadores presenciaram um evento bizarro.

Enquanto a normalidade da transmissão não era reestabelecida, quem assistia aos canais WGN e WTTW foi surpreendido pela invasão de um sujeito trajando uma máscara. Em um dos canais, a transmissão ficou no ar durante pouco mais de 20 segundos. Já no outro, ela alcançou 90 segundos e foi um minuto e meio de um máscarado falando uma série de coisas aparentemente sem sentido.

A máscara usada pelo hacker que aparecia diante das câmeras era de Max Headroom, uma "inteligência artificial fictícia" britânica criada em 1984 por George Stone, Annabel Jankel e Rocky Morton e interpretada por Matt Frewer. O personagem debutou no filme "Max Headroom: 20 Minutes into The Future", em 1985, e depois ganhou o programa de música The Max Headroom Show, tornando-se “o primeiro apresentador de TV gerado por computador do mundo”.
Ele teve ainda outros programas, dentro os quais a série dramática chamada "Max Headroom", transmitida no Brasil pelo extinto canal Manchete.

Há 30 anos, um Hacker invadia a transmissão de TV nos EUA Há 30 anos, um Hacker invadia a transmissão de TV nos EUA Reviewed by Daniel Nuredo on 27 novembro Rating: 5

Nenhum comentário

Recent in Games

Image Link [https://pbs.twimg.com/profile_images/947950678483316736/8L2OOHt5_400x400.jpg] Author Name [Escrito por Daniel Nuredo] Author Description [Empreendedor digital, palestrante, ciclista, apaixonado por marketing digital e tecnologia e fundador do JobDoDaniel - Marketing Digital ] Facebook Username [danielnuredo] Twitter Username [danielnuredo] Instagram Username [danielnuredo]