O Bitcoin pode revolucionar o marketing?



Tecnologia promete trazer mais segurança e transparência para transações na rede, podendo ser incorporada em segmentos como conteúdo e publicidade.

Uma das tecnologias mais comentadas do momento é a blockchain. Geralmente associada às transações com Bitcoin, não é um conceito novo (os primeiros papers sobre o assunto são de 2008). Mas o sistema começa a ser avaliado com cuidado por diferentes indústrias além da financeira, como uma forma de trazer mais transparência e segurança para transações e registros. Mas o que é blockchain e como ela pode revolucionar a indústria de marketing e conteúdo?

De modo geral, blockchain é uma rede descentralizada que opera de maneira similar aos torrents. As transações que ocorrem nessa rede (de valores, documentos ou outros) só são concluídas mediante consenso entre diversos nodes (veja glossário abaixo) da blockchain. Essa validação fica registrada numa corrente histórica, com as transações anteriores, e não podem ser alteradas.
O potencial da blockchain no marketing tem relação direta, por exemplo, com fraudes em publicidade digital. A tecnologia, a médio e longo prazo, pode ajudar a estabelecer relações mais diretas e transparentes entre os players da indústria, facilitando as transações e pagamentos entre marcas e influenciadores ou produtores de conteúdo, através de protocolos previamente estabelecidos entre as partes. Dados de entrega de anúncios e visualizações de vídeos, por exemplo, poderão facilmente ser acessados na blockchain.


Bitcoin: É a primeira network descentralizada e respectiva criptomoeda, criada em 2008 por Satoshi Nakamoto, identidade atribuída a um desenvolvedor japonês desconhecido.

Blockchain: conceito de estrutura de registros (ledgers) de informações em blocos interligados e distribuídos em redes descentralizadas públicas ou privadas, consequentes de transações peer-to-peer. Pelo fato de cada node da rede ser responsável pela autenticação das transações que acarretam em blocos, e pelo fato de os blocos estarem encadeados historicamente de forma criptografada, esses registros são considerados seguros e praticamente inalteráveis.

Criptomoeda: Ou Cryptocurrency são ativos digitais com valores específicos usados para realizar transações em redes descentralizadas. Bitcoin e Ether são as criptomoedas mais conhecidas atualmente.

Ethereum: É uma network descentralizada de computadores que validam transações em blockchain. É conhecida por ser a primeira a oferecer a função de Smart Contract.

Mineradores: Ou Miners, são os operadores da rede que colocam a transação do bloco junto às anteriores. Seus computadores são equipados para calcular hash criptografadas e só uma vai permitir essa ação. O minerador que consegue calcular a hash certa, é premiado com Bitcoins (ou o token correspondente).

Nodes: Na infraestrutura da blockchain, os nodes (ou nós) são os computadores responsáveis pelo consenso sobre uma transação em tempo real, contendo cópias dos registros autenticados distribuídos entre eles. Quando uma nova operação é gerada, os nodes avaliam o histórico do novo bloco e verifica suas chaves. O novo bloco só é adicionado à cadeia após a validação.

Token: É uma unidade de valor que alimenta a blockchain, podendo ser moedas, como Bitcoin ou Ether, que servem para ser transacionadas de acordo com o interesse dos integrantes de uma network.


O Bitcoin pode revolucionar o marketing? O Bitcoin pode revolucionar o marketing? Reviewed by Daniel Nuredo on 05 dezembro Rating: 5

Nenhum comentário

Recent in Games

Image Link [https://pbs.twimg.com/profile_images/947950678483316736/8L2OOHt5_400x400.jpg] Author Name [Escrito por Daniel Nuredo] Author Description [Empreendedor digital, palestrante, ciclista, apaixonado por marketing digital e tecnologia e fundador do JobDoDaniel - Marketing Digital ] Facebook Username [danielnuredo] Twitter Username [danielnuredo] Instagram Username [danielnuredo]