Os flicks são ligeiramente maiores que um nanosegundo – o ponteiro dos relógios não os vai marcar, mas podem ser muito úteis para editores de vídeo.

Quantos flicks faltam para a hora de almoço? A equipe de realidade virtual do Facebook, a Oculus VR, concebeu uma nova unidade de tempo – o flick. É maior que muitas: num só segundo, cabem mais de 705 milhões de flicks (705.600.000 para ser exato), o que torna a unidade ligeiramente maior que um nanosegundo (há mil milhões de nanosegundos num segundo).

A nova unidade de medida foi concebida, especificamente, para facilitar o trabalho de quem edita filmes no dia-a-dia e divide tempo em imagens por segundo. Começou com uma pergunta, feita no Facebook em 2016, pelo especialista de efeitos visuais Christopher Horvath, que trabalha com a Oculus VR (que o Facebook comprou em 2014).