Telegram lançará a própria criptomoeda, blockchain e fará ICO bilionária




O Telegram é um aplicativo de mensagens instantâneas concorrente do WhatsApp. Segundo o TechCrunch, a empresa lançará a própria plataforma de blockchain, uma criptomoeda própria e realizará uma ICO – uma oferta de moeda inicial.

A ICO, que deverá ser realizada ainda no primeiro trimestre do ano, poderá ser ainda maior que a da Tezos, que arrecadou mais de US$ 230 milhões em julho. Isso porque o Telegram considera levantar US$ 500 milhões na pré-ICO e possui o potencial de arrecadar de US$ 3 bilhões a US$ 5 bilhões na ICO.
A adoção da própria criptomoeda pelo aplicativo de mensagens instantâneas permitirá que transações sejam realizadas independentes de bancos ou governos, motivo pelo qual a ICO possui esse alto valor. A criptomoeda permitirá que pagamentos sejam realizados no chat independente de fronteiras e das taxas entre países.

A criação de uma plataforma blockchain
Atualmente, as mensagens enviadas no Telegram são criptografadas, o que permite que não sejam acessadas por terceiros. A empresa já possui experiência com criptografia e a ideia do CEO Pavel Durov é de criar a própria blockchain. Atualmente, o Telegram possui 180 milhões de usuários. Se os 180 milhões de usuários fizerem transações, isso significa 180 milhões de usuários usando a blockchain criada pelo aplicativo.

Com esse poder, o Telegram poderia se tornar até mesmo um fabricante de outras criptomoedas, devido a sua grande escala. De acordo com documentos da empresa vistos pelo Techcrunch, a criptomoeda criada será chamada de “Gram” e estará integrada no chat do aplicativo.
A plataforma permitirá salvar identidades, pagamentos e smart contracts. Ela também irá se “autocurar”, criando novos blocos válidos em cima de qualquer bloco que estiver incorreto.
As criptomoedas e blockchain são um resultado da Nova Economia, trazendo uma nova forma de lidarmos com o dinheiro. O Telegram inova aproveitando seu potencial e grande público, descobrindo como capitalizar e ainda agregar valor para seu aplicativo. Para descobrir novos usos para as criptomoedas e blockchain e aprender como impactarão em nossas vidas ainda em neste ano, participe do evento 2018 – A Revolução da Nova Economia.
Gram – a criptomoeda do Telegram

Para manter o controle e evitar que a Gram se torne uma bolha, o Telegram afirma em um documento que reterá pelo menos 52% das moedas. O movimento protegerá a criptomoeda de transações por especulação e a manterá flexível. Já 44% das criptomoedas serão vendidas de forma pública e privada. Os 4% restantes estarão reservados para o time de desenvolvimento do Telegram, que possuirá quatro anos para adquiri-las.

As fontes informam que o Telegram permitirá que usuários guardem as criptomoedas Gram em uma carteira da própria empresa. A Telegram Wallet poderá permitir, além dos Gram, moedas fiduciárias.
Lançamento

O lançamento do Telegram Wallet está datado para o quarto trimestre de 2018. Já a criação de uma economia baseada no Telegram será possível no primeiro trimestre de 2019.
Telegram lançará a própria criptomoeda, blockchain e fará ICO bilionária Telegram lançará a própria criptomoeda, blockchain e fará ICO bilionária Reviewed by Daniel Nuredo on 08 janeiro Rating: 5

Nenhum comentário

Recent in Games

Image Link [https://pbs.twimg.com/profile_images/947950678483316736/8L2OOHt5_400x400.jpg] Author Name [Escrito por Daniel Nuredo] Author Description [Empreendedor digital, palestrante, ciclista, apaixonado por marketing digital e tecnologia e fundador do JobDoDaniel - Marketing Digital ] Facebook Username [danielnuredo] Twitter Username [danielnuredo] Instagram Username [danielnuredo]