Para quem gosta de realidade virtual, por exemplo, uma máquina que combina uma esteira capaz de girar em 360 graus garantiu uma experiência ainda mais imersiva para um par de óculos VR. O jogador pode caminhar, correr, olhar para os lados e apontar suas armas virtuais usando os gamepads sem fio acoplados em cada uma de suas mãos. É impossível não se sentir dentro do universo digital.




Quem gosta de algo mais tradicional também pode se divertir com os dois simuladores de corrida. As cadeiras têm bases móveis que tremem e sacodem de acordo com o movimento dos veículos, fornecendo maior realismo para os jogadores. É quase como ser transportado diretamente para dentro de um carro da Fórmula 1.

Os fãs de aviação também têm a oportunidade de se divertir com um aparelho semelhante. Deitado dentro do cockpit de uma pequena aeronave, os campuseiros têm a sensação de estar voando graças à estrutura giratória do simulador.





E também não poderíamos deixar de citar a Motion Sphere, uma enorme máquina na forma de uma esfera (cujo peso atinge a faixa das duas toneladas) que consegue se mover em todos os ângulos possíveis, criando uma imersão inigualável para o jogador. Poucas unidades deste simulador estão disponíveis no Brasil.