BNDES lança 'be-a-bá da IoT' para gestores públicos



Resultado de imagem para BNDES

O BNDES lançou nesta sexta-feira, 2, a Cartilha de Cidades, um guia para que os gestores públicos possam estruturar passo a passo soluções de Internet das Coisas (IoT). A publicação traz uma compilação de dados do estudo financiado pelo banco, o “Internet das Coisas: Um Plano de Ação para o Brasil”, documento que deve servir de base para o Plano Nacional de IoT que deve ser assinado pelo presidente Michel Temer até abril.

“No mundo, o ganho econômico que a Internet das Coisas pode trazer ao ambiente de cidades é de cerca de US$ 1,6 trilhão, em 2025. Apenas no Brasil, esse ganho econômico potencial é estimado em US$ 27 bilhões. Economias com iluminação pública, monitoramento do tráfego em tempo real e redução da mortalidade causada pela violência são exemplos de aplicações nas quais IoT pode trazer ganhos aos municípios”, diz trecho do documento.

Entre os temas abordados estão competência, financiamento, capacidade de projetos com parceiras público-privada (PPPs) e possíveis problemas com privacidade. Mas é sobre a criação de projetos de iluminação pública inteligente que o documento detalha com mais precisão.

“A migração para luminárias com menor consumo pode ser um indutor importante para o desenvolvimento de IoT, pois permite a introdução de mecanismos que viabilizam a comunicação sem fio com dispositivos de controle. A nova luminária será, portanto, utilizada como ponto de rede de comunicação de dados conectada à Internet, inteligente à medida que cada ponto é individualmente controlável através do uso de software. Isso permite, na prática, a comunicação com central controladora e de transferir, de forma bidirecional, dados e informações. Isso viabiliza, entre outras funções, a identificação da situação da luminária em tempo real, o monitoramento de seu consumo energético e também sua dimerização, consistente na modulação de luminescência de acordo com luminosidade do ambiente e a ocupação do espaço, maximizando o uso de energia. Desse modo, a implementação de aplicações de IoT proporciona a gestão inteligente do parque de iluminação pública dos municípios, com a possibilidade de redução não só do consumo de energia na cidade como também do custo de manutenção da rede”, explica o documento aos gestores.

Com 64 páginas, o documento busca mostrar ao gestor público conceitos básicos como “o que é IoT”, exemplos de uso no Brasil e no mundo e as nuances para implantar projetos de IoT. Entre as áreas que o estudo aborda, mas sem a mesma veemência da iluminação pública, são: mobilidade, segurança pública, uso eficiente de recursos e inovação.

Para ter acesso ao documento, o BNDES colocou um link a disposição que pode ser acessado por qualquer.
BNDES lança 'be-a-bá da IoT' para gestores públicos BNDES lança 'be-a-bá da IoT' para gestores públicos Reviewed by Daniel Nuredo on 03 março Rating: 5

Recent in Games

Image Link [https://pbs.twimg.com/profile_images/947950678483316736/8L2OOHt5_400x400.jpg] Author Name [Escrito por Daniel Nuredo] Author Description [Empreendedor digital, palestrante, ciclista, apaixonado por marketing digital e tecnologia e fundador do JobDoDaniel - Marketing Digital ] Facebook Username [danielnuredo] Twitter Username [danielnuredo] Instagram Username [danielnuredo]