O Instituto SEB de Educação, em parceria com Catraca Livre, vai oferecer R$ 100 mil a quem criar uma ferramenta digital que ajude a combater as fake news. A ferramenta ficará aberta ao uso gratuito de qualquer veículo de comunicação. Já a propriedade intelectual continua sendo do próprio inventor.

As regras para participar serão anunciadas ainda nesta semana. O objetivo é que a ferramenta seja usada nesta eleição, para ajudar a identificar com rapidez as falsidades espalhadas pelas redes sociais. A escolha final será realizada por um juri de comunicadores, engenheiros e especialistas em tecnologia da informação.

O desafio faz parte do projeto "Cidadania Inteligente", idealizado pelo Catraca Livre em parceria com a Microsoft, que visa reconhecer as principais plataformas digitais de apoio à cidadania e à transparência de informações públicas no Brasil, sendo apoiadas por meio de tecnologias de Inteligência Artificial da Microsoft. Devido à emergência da questão das falsidades nas redes sociais, criou-se esse prêmio exclusivamente para as fake news.