Resultado de imagem para facebook e eleições

Uma das maiores preocupações é justamente a questão das eleições. O ano de 2018 é importante não só para o Brasil, mas também para Estados Unidos, México, Paquistão entre outros.

De acordo com Mark Zuckerberg, a forma como os são dados tratados e divulgados, incluindo anúncios, são de alta importância para o Facebook. Tendo isso em mente, algumas mudanças já foram anunciadas. Algumas dessas mudanças entrarão em vigor primeiro no Estados Unidos e posteriormente no resto do mundo.

1. Para anunciar para políticos, a página terá que ser verificada pelo Facebook com um documento de identidade e comprovante de residência. 2. Os Anunciantes terão que mostrar quem pagou pelos anúncios (ainda não está claro como isso será feito, aparentemente será um rótulo atrelado ao anúncio, parecido com o que temos com branded content hoje.)
3. Qualquer pessoa poderá ver os anúncios que uma página está vinculando.
4. Páginas grandes (em volume) obrigatoriamente serão verificadas pelo Facebook.

Milhares de pessoas serão contratadas para isso reforçar a equipe de verificação do Facebook, hoje são 15mil pessoas e até o final de 2018 serão 20mil.

Considerando as novas regras, é bem evidente que teremos uma transparência superior

Um dos pontos importantes é a verificação obrigatória de páginas que são grandes. Apesar do Facebook não ter especificado a partir de qual número vai passar a exigir a verificação, é algo de extremo valor já que, algumas páginas crescem rápido e são responsáveis por disseminar notícias falsas.

Outro ponto forte no processo de 5. transparência é saber se um político financiou um influenciador ou um portal. Isso definitivamente vai mudar o jogo.