O Facebook passou a proibir a comercialização de animais vivos através de sua plataforma. Conforme a rede social, o veto é válido para animais de estimação e também para os voltados a pecuária. Vale mencionar que o mesmo vale para o Instagram.

Além disso, a proibição estende-se para o veto da comercialização de partes de animais, como pelos e peles. O Facebook aproveitou para ressaltar que seguem proibidas as vendas de armas, munições, drogas ilegais, prescritas ou recreativas, produtos para público adulto, bebidas alcóolicas ou que sejam direcionadas a jogos de azar.

Confira a lista das proibições de venda do Facebook:
  • Animais vivos;
  • Animais de estimação;
  • Animais para pecuária;
  • Partes de animais, como peliça, pele ou pelo de animal.
Abaixo, a lista do que ainda pode ser comercializado:
  • Jaulas para animais;
  • Produtos para animais, como brinquedos e coleiras;
  • Serviços veterinários;
  • Cuidados pessoais;
  • Serviços de embarque.

De acordo com o comunicado da rede social, as novas regras já entraram em vigor, se que valem para produtos comercializados no Marketplace (que agrupa as ofertas de pequenos vendedores), através dos grupos de compra e vendam nas seções de comércio eletrônico de Páginas e nas publicações de produtos no Instagram Shopping.