O Google anunciou nessa quinta-feira (7) que doará, por meio do Google.org, 3 milhões de reais para o Instituto Rede Mulher Empreendedora. O investimento será usado para treinar 135 mil mulheres em todo o Brasil nos próximos dois anos.

De acordo com o Fórum Econômico Mundial, serão necessários 100 anos para excluirmos a diferença de gênero entre homens e mulheres. Para compreender o tamanho dessa lacuna, no Brasil a taxa de desemprego é 29% maior entre mulheres em relação aos homens.

"Não dá para esperar esse tempo", ressaltou Susana Ayarza, Diretora de Marketing do Google Brasil, durante seu keynote no Google for Brasil, realizado em São Paulo nessa quinta-feira (6).

Em 2017, a companhia realizou dois pilotos para treinar 100 mulheres de duas grandes comunidades em São Paulo - Paraisópolis e Brasilândia. Os treinamentos eram presenciais e duravam quatro dias, sendo um deles totalmente dentro das comunidades. 

Dessa experiência nasceu um programa para capacitar mulheres brasileiras desfavorecidas a criar sua própria oportunidade econômica, tornando-as confiantes e preparadas para que no futuro aproveitem os recursos da era digital, seja abrindo um negócio ou encontrando um emprego.