Tráfego orgânico X tráfego pago: entenda como funciona




Toda vez que você faz uma busca no Google, os sites e páginas que ocupam as primeiras posições estão ali por duas razões. Primeiramente, o conteúdo pode estar bem ranqueado porque o proprietário do site pagou pelas palavras-chave certas, atraindo o chamado tráfego pago.

Neste caso, o proprietário investiu em uma campanha do Google Adwords, pagando ao Google uma certa quantia. Essa quantia serve para cobrir os valores relativos ao preço do clique. Explicando melhor, todas as vezes que um usuário digitar a palavra-chave e clicar no seu site na página do Google, isso é descontado do valor que você investiu.

Todas as palavras-chave, de acordo com a concorrência, têm um valor estipulado pelo próprio Google, que são eleitos em uma espécie de leilão. 
Assim, quanto mais os usuários pagam por uma determinada palavra nas campanhas de Adwords, maior será o seu valor. Consequentemente, quem investe mais no preço do clique também tem mais chances de aparecer.

O segundo fator que faz com que um conteúdo, site ou página ocupe o topo do ranking é o bom SEO. Neste caso, o usuário vai pesquisar palavras que sejam interessantes para a sua audiência (alto volume de buscas), mas não tenham tanta concorrência. 

tráfego pago ou tráfego orgânico

Em seguida, é preciso encaixar a palavra-chave no texto da sua página, site ou conteúdo, para que ela seja encontrada pelos mecanismos de busca do Google. Pronto! Assim você tem mais chances de aparecer nas primeiras posições, sem que seja necessário pagar por campanhas de Adwords.

tráfego pago ou tráfego orgânico

Tanto no caso do tráfego pago quanto orgânico conhecer as palavras mais pesquisadas no Google é algo importante. Porém, é importante destacar que boas palavras-chave, por si só, não substituem um bom conteúdo. Afinal, mais do que clicar, o usuário precisa ler e interagir com o seu conteúdo para que você se mantenha bem posicionado.

Nos últimos anos, o Google vem aprimorando seus algoritmos para que conteúdos que tenham apenas palavras-chave, mas não tenham conteúdo de qualidade, sejam retirados das primeiras posições.

Durante muito tempo, alguns profissionais de marketing de conteúdo usavam estratégias do chamado black hat SEO (SEO do chapéu preto) para ranquear conteúdos vazios, mas que tinham as palavras-chave certas. 

tráfego pago ou tráfego orgânico

Desde o último algoritmo, essas práticas vêm sendo banidas pelo próprio Google, garantindo que os conteúdos que ocupam a primeira posição – pagando ou não por palavras-chave – sejam de fato de úteis para o usuário.

tráfego pago ou tráfego orgânico
Tráfego orgânico X tráfego pago: entenda como funciona Tráfego orgânico X tráfego pago: entenda como funciona Reviewed by Daniel Nuredo on 20 junho Rating: 5

Nenhum comentário

Recent in Games

Image Link [https://pbs.twimg.com/profile_images/947950678483316736/8L2OOHt5_400x400.jpg] Author Name [Escrito por Daniel Nuredo] Author Description [Empreendedor digital, palestrante, ciclista, apaixonado por marketing digital e tecnologia e fundador do JobDoDaniel - Marketing Digital ] Facebook Username [danielnuredo] Twitter Username [danielnuredo] Instagram Username [danielnuredo]