O empresário bilionário do ramo de tecnologia Elon Musk ofereceu seus serviços ao governo tailandês para ajudar na operação de resgate de 12 meninos e seu treinador de futebol, presos em uma caverna inundada.

Em uma série de tuítes, o dono da Tesla afirmou que a experiência acumulada em seus mais diferentes negócios poderia ser útil para a equipe que trabalha no salvamento. Segundo Musk, sua empresa The Boring Company, especialista em construções de túneis, é "muito boa em cavar buracos".

Ele ainda especulou sobre a possibilidade de inserir um tubo de nylon dentro da caverna e inflá-lo, como funciona o mecanismo de um pula-pula, para gerar uma espécie de túnel de ar por baixo d'água.

Um porta-voz da The Boring Company afirmou: "Estamos em contato com o governo tailandês para ver como podemos ajudar, e estamos mandando funcionários da (fábrica de foguetes) SpaceX/Boring Company dos Estados Unidos à Tailândia para oferecer apoio em campo".

"Uma vez que saibamos como ser úteis, faremos todo o possível. Estamos recebendo orientações do pessoal na operação em Chiang Rai para determinar a melhor maneira de empregar nossos esforços."