Elon Musk anunciaria o nome da primeira pessoa comum (ou seja, não astronauta) que terá o privilégio de conhecer a Lua de pertinho.

Também pelo Twitter, Musk respondeu a um seguidor que queria extrair alguma dica do CEO sobre a identidade do passageiro misterioso, e a resposta foi apenas uma bandeira japonesa, sugerindo que a tal pessoa poderia ser do país asiático.

Pois bem, durante evento que foi transmitido ao vivo, houve a aguardada revelação: o primeiro passageiro que será levado à Lua por meio do novo foguete BFR será o empresário japonês Yusaku Maezawa, que é um grande colecionador de arte. O bilionário asiático, segundo a Forbes, vale US$ 3,6 bi e foi listado como a 14ª pessoa mais rica do Japão em 2017; segundo a Bloomberg, sua fortuna atualmente está na casa dos US$ 2,3 bilhões.

MZ (como gentilmente pediu para ser chamado) começou sua declaração dizendo que "I choose to do to the Moon" ("Eu escolho ir à Lua"), em alusão à icônica declaração do presidente John F. Kennedy em 1962, quando os Estados Unidos revelaram ao mundo o início do programa Apollo, cujo objetivo era justamente levar a humanidade à Lua.

O empreendedor explica que sempre foi apaixonado pela Lua, que continuamente inspira a humanidade e, portanto, não poderia perder a oportunidade de vê-la de perto.