Alguns dos aplicativos mais baixados do Google Play foram acusados nesta terça-feira, 27, de praticar fraude usando dados de usuários. A denúncia partiu de uma empresa de segurança eletrônica chamada Kochava e atinge oito apps, sendo um deles o famoso Clean Master.

O aplicativo tem mais de 1 bilhão de downloads no Android e está sempre entre os cinco mais populares do Google Play. O app serve para gerenciar arquivos e apagar aqueles que são desnecessários no smartphone, com a promessa de deixar o sistema mais leve e rápido.

Os outros apps acusados são Security Master, CM Launcher 3D, Battery Doctor, Cheetah Keyboard, CM Locker, CM File Manager e Kika Keyboard. Todos eles, com exceção do último, que é da Kika Tech, são desenvolvidos pela mesma empresa, a chinesa Cheetah Mobile.

A Fraude

Segundo pesquisadores da Kochava, em entrevista ao BuzzFeed News, estes oito apps foram flagrados desviando dinheiro de anúncios. Os apps estavam rastreando dados de usuários para que toda vez que uma pessoa baixasse um app no celular, Cheetah e Kika ganhariam dinheiro com isso.

As duas empresas estariam se aproveitando de um sistema legítimo de pagamento sustentado pelo Google Play. Quando uma pessoa vê um anúncio dentro de um aplicativo, clica nele e baixa um outro app graças àquela propaganda, o dono do aplicativo onde o anúncio foi hospedado ganha dinheiro.