Resultado de imagem para ligação em spam

O Brasil é o país que teve mais registros de telefonemas spams em 2018, uma média de 37,5 contatos por mês, o que representa um aumento de 81% ante as 20,7 ligações do ano anterior. O resultado foi divulgado pelo aplicativo Truecaller (Android, iOS) nesta terça-feira, 18, que usou como base as informações 74,1 bilhões de chamadas em geral, sendo 17,7 bilhões spams, entre janeiro e outubro deste ano.

Os principais spammers brasileiros são os serviços de telemarketing, que saltaram de 12% para 36% das ligações, na comparação ano a ano. Em seguida, as operadoras de telefonia aparecem com 32% dos contatos, uma queda de 1 ponto percentual ante 2017. Os golpes (ligações de sequestro ou roubo falso, por exemplo) cresceram de 1% para 20%. Fecham a lista, as ligações incômodas com 10% e os serviços financeiros com 2%.