Mike Krieger - Fundadores do Instagram abandonam Facebook após confrontos com Zuckerberg

Os fundadores do Instagram, Kevin Systrom e Mike Krieger, fizeram um anúncio chocante sobre a sua saída do Facebook em setembro passado. "Agora estamos prontos para o nosso próximo capítulo", escreveu a dupla num anúncio formal sobre a sua renúncia da empresa depois de que o The New York Times ter dado a notícia sobre sua saída da empresa. Na ocasião, a saída da empresa parecia inesperada, mas amigável. Mas agora, quase oito meses depois, novas informações detalham a verdadeira razão pela qual Systrom e Krieger deixaram o Facebook.

Segundo uma reportagem do Wired, sobre os últimos 15 meses dentro do Facebook, revela que a saída dos fundadores do Facebook estave longe de ser amigável e a dupla saiu após confrontos com o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg.
Em agosto do ano passado, o Facebook testou recursos, como rastreamento de localização e menu hambúrguer, no Instagram, que os fundadores há muito resistiam. As pessoas da empresa disseram à publicação que os fundadores do Instagram acreditavam que Zuckerberg estava intencionalmente a fazer a vida negra aos criadores da empresa, na esperança de que eles deixassem a mesma. E assim, quando Systrom retornou da sua licença, a dupla decidiu desistir definitivamente do projecto.

instagram Kevin Systrom

"Segundo alguém familiarizado com as ideias de ambos, a infelicidade deles com o Facebook resultou de tensões que haviam fermentado ao longo de muitos anos e que transbordaram nos últimos seis meses", acrescentou a publicação.

Do lado de fora, tanto Systrom como Krieger mantiveram a postura, informando que deixaram o Facebook de forma amigável, e que não houve qualquer conflito com a gestão do Facebook. No entanto, num raro desvio de sua declaração, Systrom numa entrevista ao Wired, no ano passado, sugeriu o contrário. "Nunca ninguém sai de um emprego porque tudo é incrível, certo? O trabalho é difícil", disse ele.