A editora inglesa Springer Nature lançou o primeiro livro do mundo escrito por inteligência artificial. Intitulado Lithium-Ion Batteries: um resumo da pesquisa atual, o livro fornece uma visão geral das pesquisas mais recentes sobre baterias de íons de lítio. A iniciativa foi realizada com ajuda de pesquisadores da Universidade de Frankfurt e um algoritmo chamado Beta Writer.

Com base nos artigos e pesquisas já publicadas, o Beta Writer organiza os documentos, cria resumos de cada um deles e conecta todo o conteúdo. O livro, que está disponível digitalmente, possui índice e referências criadas automaticamente pelo Beta. Cada citação é referenciada com um hiperlink para que os leitores explorem o documento original.

Olhando para uma longa tradição e expertise na publicação de livros acadêmicos, a Springer Nature tem como objetivo moldar o futuro da publicação e leitura de livros. Novas tecnologias em torno de Processamento de Linguagem Natural e Inteligência Artificial oferecem oportunidades promissoras para explorarmos conteúdos científicos”, disse Niels Peter Thomas, diretor executivo da Springer Nature, em um comunicado.