Resultado de imagem para Florianópolis tecnologia

Quem pensa em Florianópolis, imagina belas praias e paisagens. Mas a capital catarinense mantém uma das maiores concentrações de startup do país. A indústria da tecnologia já supera a do turismo na região.

Eles chegam nos recantos mais distantes do país. Um único agente de saúde cuida em média de 500 brasileiros. É um trabalhão que exige uma papelada sem fim. Mas com um aplicativo fica fácil acompanhar o histórico de cada família. Ele mapeia a população de risco e indica quem precisa de atendimento com mais urgência.

“Aquele diabético que está descontrolado, a gestante que não fez o pré-natal, uma criança que não tomou vacina em dia”, diz Pedro Marton Pereira, diretor da startup.

A ideia foi do Pedro, que criou uma destas startups, empresas que resolvem problemas com a ajuda da tecnologia. “Agora eles conseguem visitar de três a quatro vezes mais pessoas num mês, porque antes esse processo era feito de forma manual”.

Florianópolis concentra o maior número de startups do Brasil quando a gente leva em conta a população da cidade. A arrecadação da indústria da tecnologia já é quatro vezes maior que a do turismo. É muita gente pensando fora da caixa, transformando ideias em projetos e criando as mais diferentes soluções.