Resultado de imagem para hacker bancos

Nesta segunda-feira (22), o portal The Hack noticiou um suposto vazamento de documentos dos usuários em bancos brasileiros. A falha foi descoberta pelo Data Grupo, e segundo seus pesquisadores, são aproximadamente 250 GB de dados.

O arquivo possui versões digitais de documentos pessoais (RG, CPF, CNH), comprovantes de endereço, contratos, ordens de pagamento, demonstrativos, holerites, contracheques e cartões de crédito dos clientes.

Não é possível especificar o número exato de clientes afetados. Mas já se sabe que o perfil dos correntistas é aposentado, pensionista, militar e servidor público, de acordo com o apurado pelo jornal.

Características financeiras de cada usuário, como renda mensal (salário ou auxílio) e movimentações bancárias, assim como extratos gerados em páginas de internet banking, estão disponíveis. Com essas informações, um criminoso cibernético pode elaborar golpes de falsificação ideológica ou phishing direcionado.

A notícia é preocupante, mas de acordo com o jornalista responsável, os arquivos já não estão mais disponíveis para download e não há indícios de que os dados tenham sido distribuídos pela internet.

A The Hack identificou que a irregularidade afetou quatro empresas do ramo financeiro. Mas limitou-se a dizer apenas a especialização delas (público aposentado, pensionista, militar e servidor público) e não citou outros nomes além do Banco Pan.