Resultado de imagem para tecnologia e profissão

As últimas estimativas da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) apontam que, até 2024, o setor tecnológico resultará na geração de 420 mil novos postos de trabalho no Brasil. 

É um número bem expressivo e animador, não é mesmo? Então, pode realmente ficar empolgado. Afinal, atualmente, os cursos voltados à tecnologia só formam cerca de 45 mil pessoas por ano em solo brasileiro. Isso significa que faltam profissionais especializados e muitas empresas têm dificuldade para ampliar seus quadros.

Para quem gosta do tema e aqueles que pensam em dar uma guinada na carreira, mas não sabem por onde começar, há diversos ramos de atuação no setor tecnológico que podem servir de porta de entrada a um mundo novo, 100% digital, em constante atualização e cheio de oportunidades de trabalho e para o empreendedorismo.

Conheça um pouco sobre cada uma delas para entender as diferenças e particularidades.

Um profissional da área de Sistemas da Informação, por exemplo, pode dar suporte à manutenção de bancos de dados, gerenciar projetos de informatização de empresas que lutam para se adequar ao mercado digital, desenvolver softwares de logística, especializar-se em gestão financeira e organizar fluxos de produção.

Já para quem gosta de números e desafios matemáticos, a Ciência da Computação surge como ótima opção. Nela, trabalha-se com lógica de programação, criação de jogos e sistemas autônomos, bancos de dados e computação gráfica. Aliás, a profissão exige constante atualização e, em contrapartida, oferece infinitas oportunidades.

Em Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, profissionais atendem a demandas rotineiras de PCs e, em especial, mobiles. Afinal, somos cada vez mais dependentes dos smartphones no dia a dia. Pesquisa da Fundação Getulio Vargas de São Paulo (FGV-SP) divulgada em abril relevou que o País tem 230 milhões de smartphones ativos, o que representa mais de um aparelho por habitante.

Já em Tecnologia em Redes de Computadores, Tecnologia em Sistemas para Internet e Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação, o profissional pode lidar com as mais diversas demandas da cadeia tecnológica. Gosta de desafios? Então, basta mergulha de cabeça nesse ramo do conhecimento.