Resultado de imagem para Larry Page e Sergey Brin

Depois de mais de 20 anos em cargos de topo no Google, os fundadores da gigante tecnológica, Larry Page e Sergey Brin, anunciaram que vão abandonar as posições de chefia na Alphabet que é a empresa-mãe do Google. 

Está na altura de assumirmos o papel de pais orgulhosos – que dão conselhos e amor, mas não ralham diariamente!”, lê-se no texto assinado por ambos. “Se hoje, em 2019, a nossa empresa fosse uma pessoa, seria um jovem adulto de 21 anos e estaria na altura de sair do ninho.”

As vagas serão ocupadas por Sundar Pichai, atual presidente executivo do Google que passa a acumular cargos. A novidade foi divulgado pelos próprios Page e Brin numa carta publicada no blogue oficial da empresa.