Pela primeira vez, o Instagram compartilhou detalhes de algo que já deve ter atiçado a curiosidade de muitos de seus usuários: quais são os critérios usados pelo algoritmo na hora de decidir o que exibir na aba Explorar.


Em publicação oficial no blog de inteligência artificial do Facebook, a companhia revelou, primeiramente, que a variedade de conteúdo existente no Instagram é imensa, "com tópicos que variam desde caligrafia árabe até modelos de slime". Sendo assim, conseguir exibir fotos e vídeos que realmente vão interessar o usuário é um grande desafio.


Mesmo assim, tudo começa graças a um método de aprendizado de máquina chamada word embedding, traduzido literalmente como "incorporação de palavras". Esse sistema estuda a ordem em que as palavras aparecem em um texto, medindo então o quão relacionadas elas estão.


O texto cita um exemplo simples para ficar mais fácil de entender: um sistema nota que a palavra "fogo" aparece com frequência próxima a palavras como "alarme" e "caminhão", mas com menos regularidade junta à palavra "pelicano" ou "sanduíche". Esse mesmo processo é usado para determinar o quão duas contas são relacionadas.


Esse sistema, então, começa a conferir quais são as contas que os usuários têm interagido, seja curtindo ou salvando o conteúdo. Sendo assim, são selecionadas contas similares e cerca de 500 peças entre fotos e vídeos para serem distribuídas. O Instagram ainda faz o serviço de proteção do usuário filtrando spam, informações falsas ou ainda publicações que violam as políticas de uso da rede social.


Após todas essas filtragens, 25 publicações são selecionadas para aparecer na primeira página da aba Explorar no Instagram. Só não ficou claro, no entanto, qual é o método usado pelo Instagram para barrar conteúdos de desinformação.


Por fim, a nota deixa claro que a melhor forma de aprimorar o que é exibido na aba Explorar é interagir com as contas preferidas, ou ainda utilizar a ferramenta "ver menos publicações assim", que aparece no menu de três pontos no canto superior direito.