#criatividade

Antes de mais nada, calma.

O primeiro passo é entender o que é essa tal criatividade e como ela se distribui de formas diferentes entre a minha e a sua mente.

Assim como a inteligência, todos temos uma porcentagem (mesmo que pequena) de criatividade para explorar (e sim, devemos fazer isso). A partir do momento em que a ciência encontra maneiras de expandir as possibilidades criativas no nosso cérebro, é uma tarefa de cada um exercitar e colocar pra funcionar a nossa mente criativa!

O que é criatividade? Ao visualizar o que é, se torna mais fácil de conquistar.

1) InsightSabe quando você tem um “clique”, um pequeno início de uma ideia que ainda não foi desenvolvida, mas que tem um potencial?

2) Pensamento DivergenteQuantas ideias você consegue ter a partir do mesmo pensamento? Quantas utilidades você conseguiria dar para uma caneta, por exemplo?

escrever, fazer um furo, cutucar um buraco, um microfone imaginário…

3) ImprovisoA parte da frente do seu cérebro, é responsável pelas nossas decisões racionais. Para que o improviso aconteça, essa parte precisa estar relaxada. Assim, outras partes do cérebro poderão atuar de forma mais livre \o/

Como mudar essa sensação?

Relaxa! Antes de mais nada, um cérebro que não relaxa é um cérebro que não cria. Por isso, cuidar da sua saúde mental também é um passo importante para a sua criatividade.

Repertório
Não adianta você querer criar coisas novas, se a sua rotina é a mesma há anos. Tente algo novo! Pode ser durante as refeições, pode ser um caminho diferente pro trabalho, pode ser uma playlist nova :) A sua mente precisa ter repertório para criar.

Volume
Não fique esperando pela grande ideia, milionária que vai mudar a sua vida! Tenha várias ideias, anote todas elas. Sem filtro, ideias variadas e sem pensar na execução.

Quando você tiver alcançado o volume, venha com o filtro e veja o que você consegue executar ou não. Assim, você poderá ter diversas ideias na manga e também poderá criar conexões entre elas.