Na última quinta-feira (10), o mLabs sofreu uma punição pelo Facebook que ocultou todas as publicações na rede social e no Instagram, feitas pela ferramenta. O aplicativo da empresa, que permite o agendamento e a publicação de postagens também foi desativado.


Com isso, 332 mil páginas do Facebook que usavam a ferramenta mLabs foram afetadas e tiveram 39 milhões de posts ocultadas. Até os conteúdos de empresas e pessoas que já não utilizam a ferramenta saíram do ar.


Em um comunicado realizado pela empresa, o mLabs afirmou que todos os seus esforços estão centrados em entender o que aconteceu e em como reverter a situação.


“Fomos surpreendidos com uma ação inesperada pelo Facebook que, sem aviso ou advertência prévia decidiu, de forma abrupta e deliberada, desativar o APP de desenvolvedor da mLabs que era homologado há mais de 6 anos pela própria rede social”, diz e-mail enviado aos clientes.


A consequência disso é bastante séria e pode levar a empresa a fechar. “Podemos quebrar. […] Fomos praticamente banidos do Facebook”, disse Rafael Kiso, fundador e CMO da mLabs, ao NeoFeed.


Em nota, o Facebook alegou que “a mLabs estava envolvida em coleta não autorizada de dados e de credenciais de usuários, o que são violações dos termos de uso do Facebook e do Instagram”. A empresa ainda disse que enviou uma notificação extrajudicial sobre o ocorrido para a startup. 

atualizado: 14/06